Minha lista de blogs

sexta-feira, 28 de julho de 2017

Versailles, muito além do palácio

Já havia ido a Versailles com o objetivo comum como todos os que visitam o magnífíco palácio, o castelo real. De fato essa é uma visita obrigatória para quem desembarca em Paris. Símbolo da riqueza, do poder absoluto e de todos os excessos da corte francesa, o castelo impressiona em todos os sentidos.

Dessa vez, desembarquei diretamente na acolhedora casa de minha amiga Martina, brasileira de origem, francesa há 30 anos e que vive em Versailles por opção. A constatação da beleza, do sossego e do charme dessa pequena cidade fez com que eu quisesse ficar por ali, como residente. Os meus olhos admiraram os encantos desse lugar, muito além do palácio.



A natureza em todas as tonalidades colore o dia. Um gostoso café da manhã com croissant e em seguida o roteiro marcava um passeio de bicicleta pelas ruas de Versailles, em direção ao parque do castelo.


           De longe, avista-se o que as fotos revelam...o explendor de um lugar único.
           O pensamento vai longe com tantas possibilidades de imaginação.
           E, a gente se transporta a um tempo passado.


" As bacias de Versailles estão presentes em todo lado. São elas, com suas estátuas e suas fontes que precisam dos maiores trabalhos para levar a água até Versailles. André Le Nôtre, não parava de construir bacias cada vez mais belas e cada vez mais impressionantes para o rei Sol: a bacia de Latone, de Apolo e de Neptuno..." ( Bene Vale)









                                                  Diante dessa grandiosidade rendemo-nos simplesmente a contemplar.


Caminhos, labirintos, sombra, ar fresco e os pedais iam marchando com suavidade para apreciar tudo.                                           E, respirar profundamente.
                                          Inspirar...expirar...inspirar...expirar.
 Num movimento de ir e vir aproveitando o poder do agora.
                                          Porque o agora muda a todo instante.


Ao se aproximar do essencial da caminhada nosso foco encontra belezas antes nunca percebidas. Para isso basta parar um pouquinho, deixar de lado pesos e medidas e simplesmente viver o que a vida nos oferece.



Pedalando nesse cenário ficou evidente que há muitas outras belezas em Versailles, além do palácio.
A grandiosidade do castelo contrastado com a simplicidade dos bosques revelam em si as múltiplas facetas de tudo nessa vida. O belo pode estar em todo lugar e em toda situação. Se para os reis e rainhas privilégio era morar no suntuoso palácio, rodeados por serviçais e luxo, para mim, o grande privilégio foi estar com amiga de tantos anos, pedalando pelas ruelas de barro do bosque contemplando a singeleza de cada variação de verdes e azuis.
                                                          Merci, ma copine Martina.
                                                                              Voilà

6 comentários:

  1. Que lindos olhares amiga! Hoje pensei em ti,pois o Palácio real de cá da Bélgica está aberto so público. Lembro com muito gosto como foi especial visitar o Palácio juntas.Tenha certeza que foi também muito especial para tua amiga te receber.Amigas para sempre! Lembra?♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lembro com muito carinho, Patrícia. A vida me presenteia com amigas queridas em lugares muito especiais. Bjinhos

      Excluir
  2. Viver simplesmente os momentos que a natureza nos oferece se cuidamos dela. E quando o fazemos em companhia de pessoas incríceis como tu Marilde, cada minuto é um presente! Bjão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Martina. Um lindo resgate de amizade de tantos anos! Bjão

      Excluir
  3. Quem poderia sonhar com as voltas que a vida dá. Dos tempos do Sagrada e agora em Versailles!!!
    Muito incrível. Muito legal!
    Satisfação total.
    Adorei...
    Beijos para as copines!!!

    ResponderExcluir