Minha lista de blogs

quinta-feira, 12 de março de 2015

As escadas. Série Paris


                                Nenhuma novidade em eu dizer que curto muito Paris.
                                  Aliás, eu e uma grande maioria das pessoas do planeta. 
  Gosto de explorar as diferenças e as belezas que existem em cada detalhe da cidade, em cada esquina, em cada   prédio por onde se passa. A atmosfera parisiense me transporta para um tempo longínquo ou atual,   não sei, e meu imaginário se perde. E, isso me encanta. Talvez seja o predomínio do antigo que me fascina. Ou, então o acesso à cultura, à arte, aos costumes que são diferentes dos nossos. Ou quem sabe nada disso. Talvez seja desnecessário encontrar explicações racionais e se entregar ao " amar sem ter a certeza do porque". 
 Enigmático e adorável...voilà!



                   Se o acesso a tantas possibilidades me encanta, até mesmo em pensamento, confesso que ficava  num super conflito cada vez que me deparava com o acesso às escadarias internas de muitos prédios centenários. Como esta da foto...uma escada incrível.
Em caracol. De madeira antiga e desgastada. Firme, sóbria e instigante.
Desafiando-me a subir e descer seus cinco andares, algumas vezes por dia.

                                                                                    " Escadas de caracol
                                                                                      Sempre
                                                                                      São misteriosas; conturbam...
                                                                                      Quando as desce, a gente 
                                                                                      Se desparafusa...
                                                                                      Quando a gente as sobe
                                                                                      Se parafusa" (...)
                                                                                                            Mario Quintana

Lembro-me bem do dia em que cheguei com minha mala ao pé dessa escadaria. Respirei fundo e pensei: agora o " bicho pegou". Como subir até o último andar. Quando o coração começou a disparar em fôlegos acelerados fui salva pela gentileza de um jovem que trabalhava no prédio. Ao ver meu desespero disse-me no seu perfeito francês: por favor,  eu levo! Ainda tentei dizer " non, merci" mas ele viu que eu estava mentindo por puro charme ( e desespero) e que realmente não ia dar conta...e graças...ele insistiu. E, eu aceitei!!!! Claro!

Agora entendo a elegância da mulher francesa! É falta de elevador na maioria dos prédios (risos).
Sim, porque por falta de boa comida e bons vinhos é que não é! Convenhamos!
                                                                                          À bientôt

Créditos: fotógrafo Gustavo Sievert/ diretora de fotografia Débora Beluca/ Paris


13 comentários:

  1. Que delícia Marilde, com certezas as escadas contribuem
    e muito para a elegância e educação das francesas, além
    das pernas, exercita o cérebro.
    Agradeço, abraços carinhosos
    Maria Teresa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Além das pernas exercita o cérebro...isso mesmo, querida Maria Teresa! Beijos

      Excluir
  2. perdoe, o correto é: com certeza as escadas
    Maria Teresa

    ResponderExcluir
  3. Ah as escadas...a vida é feita de escadas, não tem elevador...adorei! bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim...para a vida não há elevador...apenas degrau por degrau. Beijos

      Excluir
  4. que bela foto e que lindissimo texto...amei!!!
    minha amiga sou sua recente seguidora, estou começando a bloguear agora rsrsrsrsr..ainda sem pratica
    mas peço se puderes tornar se minha seguidora tambem ficaria muitissimo grata...
    http://diamantenegroraro.blogspot.com.br/


    beijos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que coisa boa Edna! Seja muito bem vinda e sucesso com otseu blog. Vou lá te visitar. Beijos

      Excluir
  5. Lindo texto e poema idem. Hum! Agora sei o que responder para os pequenos, que vez ou outra perguntam pela amiga francesa. Se meu celular dá um "plim" perguntam: é sua amiga francesa? rsrsrs Agora irei dizer. Não, não é ela. Ela está em Paris. Se parafusando e desparafusando pelas escadas em caracol de Paris. haha " La vita è bella". Beijos

    ResponderExcluir
  6. kkkk...Walkiria ...és simplesmente muito criativa e engraçada! Amei!!!!! Bjs

    ResponderExcluir
  7. De novo parabéns Marilde! O que eu adoro na sua descricao através de imagens e textos é a estética... também possivel em geometria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, querida Martina! Tuas palavras são de puro incentivo! Merci, bisous

      Excluir