Minha lista de blogs

segunda-feira, 21 de abril de 2014

Passarinho na janela

Na sexta feira santa fiz aqui, em minha casa, o  " almoço dos irmãos". Chamamos assim um encontro marcado para nos reunir. Somos em quatro: Sérgio, Marilene, eu e Aurélio. Quando minha mãe estava conosco e precisando de atenção 24 horas por dia, tínhamos as cuidadoras para durante a semana e  organizamos um calendário para os finais de semana. Sábados e domingos era conosco. Ficávamos com ela, passeávamos, íamos tomar cafezinhos, fazíamos as compras no supermercado...a agenda funcionava bem porque assim ela nunca estava sozinha e sabíamos exatamente quais os dias do "plantão" de cada um. Caso contrário, poderíamos ir visitá-la todos no mesmo final de semana e em outros ela não teria companhia. Assim foram alguns anos. Chegou a hora da partida dela  e ficamos os quatro sem o rumo que ela nos dava. E, com a vida corrida de cada um, como não tínhamos mais a mamy para visitar e cuidar, poderia acontecer um afastamento natural pelas exigências da rotina de cada um. Ou, pelo menos íamos nos encontrar menos. Pensamos então em continuar com o cronograma. A cada mês ou conforme as possibilidades dos quatro. Mas, seria para a gente se reunir, conversar, relembrar, cozinhar e degustar o fato de estarmos juntos.

Está sendo muito bacana. Vocês podem  achar estranho..."agenda para irmãos se encontrar?"
Mas, dessa forma nos encontramos mais. E, quando vai chegando perto do dia do "encontro dos irmãos" a cabeça do anfitrião/ã da vez começa a pensar no cardápio e na programação...sempre com o objetivo de mimar um ao outro, com a sobremesa preferida ou a comidinha caseira relembrando também sabores e aromas das panelas da Lolinha, nossa querida mãe.

Estávamos na varanda daqui de casa e vejo meu irmão, vagarosamente levantar-se e com a máquina em mãos ...clic. Mostra pra mim o que flagrou!


Eu não quis acreditar e emocionada vibrei com a visita que novamente chegava para me espiar. Mas, dessa vez veio nos espiar. Ali estava ele: na janela do meu apartamento. E, não foi a primeira vez que me faz essa surpresa. Em dezembro do ano passado, no dia 20, fiz uma postagem visita inesperada relatando uma visita muito inesperada desse pássaro, que chegava em minha cozinha, caminhando pelo piso. Bem, não posso afirmar que seja o mesmo, precisaria ter colocado um lacre antes dele voar naquela vez, para afirmar isso,  mas meu instinto diz que é o próprio.

Depois dessa, ainda chegou mais uma vez em março,  nesse mesmo lugar da foto, num momento em que eu estava deitada bem aí, nesse cantinho da varanda. Ficou ali me olhando, com a cabecinha pra lá e pra cá algum tempo e depois voou.

                         A sensação que tenho é sempre a mesma! Ele veio me visitar.
                                                E, meu coração bate mais forte.
               É como se viesse do céu. Do além...só pra dizer que está sempre pertinho de mim.

                                        Passarinho na janela, espia, espia, espia. E, voa.
                                        Voa alto e volta pra me beijar. Venha sempre, passarinho.
                                                             Venha me visitar.



14 comentários:

  1. OS pássaros costumam ter lugares preferidos e vc foi escolhida..bjos

    ResponderExcluir
  2. Mana querida, postagem linda!!! Tão linda como a foto captada pelas lentes do mano Aurélio... Somos quatro passarinhos ã procura do ninho que se foi ... Buscamos uns aos outros para nos aconchegar... Bjsss com carinho, mana Marilene

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande verdade, minha irmã! Obrigada pelo carinho, bjsss

      Excluir
  3. Marilene querida, foi por acaso do destino que eu entrei aqui. Me desculpe mas, ao ler sua postagem senti uma enorme vontade de lhe contar uma de estória.
    A estória aconteceu logo depois que papai partiu e foi morar com Deus.
    Por muito tempo quase todas as manhãs um sabiá cantor me acordava fazendo uma sinfonia musical tão doce mas ao mesmo tempo melancólica que me fazia chorar. Pousava na janela da minha varanda e ali permanecia por algum tempo cantarolando. Se a janela estivesse fechada ele batia com seu biquinho como uma pessoa batendo na porta, era incrível!!
    Sem dúvida... era papai na forma de um pássaro que vinha do céu céu só para me acordar...
    Esse aí com certeza é sua querida mãezinha olhando e zelando por vcs. Seu post e seu blog me encantou. Queria convidar vc para me visitar, fique se gostar. Existe um banquinho na varanda esperando por vc e o café está quentinho no fogão. A prosa vai ser boa...fazer amigos é tudo de bom e com o tempo seremos grandes companheiras nesse mundo magnífico da bogosféra, tenho certeza!! Beijo grande nesse lindo coração e continue assim, os irmãos são a extensão de nossos braços. Beijos e até breve
    melissa e alecrim
    http://melissaealecrim.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Angela. Amei teu comentário. E, quero te dizer que foi muito forte, pois ao lê-lo, fiquei arrepiada.
    Essas experiências de vida e morte juntando com sensibilidade e conexão resultam em momentos únicos.
    Beijos, Marilde

    ResponderExcluir
  5. Marilde, acabei de vir lá da Claudia e vi as plantações lindas, nas embalagens reutilizadas!Adorei! E chego aqui, vejo o passarinho que te inspirou tão bem! Adoro essas visitas, fico feliz com elas! beijos,chica

    ResponderExcluir
  6. Que amor, Chica! Obrigada pela visita! Bjs e venha sempre.

    ResponderExcluir
  7. Gostosa visita que deixa um carinho em seu coração sensível...
    Coisas de Deus!
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Vânia! Obrigada pela sua visita, também! Amei.

      Excluir
  8. este passarinho sabe que é bem-vindo
    :-)

    ResponderExcluir
  9. Que amor, Kátia! Obrigada, querida amiga!

    ResponderExcluir
  10. Lola é uma andorinha criada pelo cartunista Laerte no jornal Folha de São Paulo. Inventou histórias de um personagem passarinho, porque ele é simples e leve. E de tão livre as vezes até desaparece. Digo isso, pela ambiguidade de sentidos para você. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Walkiria, amiga de longa data. Fiquei muito emocionada com esse maravilhoso comentário teu. Obrigada, querida amiga. A ambiguidade me diz que minha intuição está certa...Lola me espia através do pequeno pássaro que me ronda! Bjs de coração e obrigada pelo carinho.

      Excluir