Minha lista de blogs

sábado, 27 de junho de 2015

Eles crescem

Tenho quase certeza que muitos de vocês já vivenciaram situação semelhante.
Assim que casei, há muitos anos, logo fomos convidados para ser padrinhos de um pequeno sobrinho. Para nós foi uma alegria indescritível. Rodrigo passou a ser nosso companheirinho em muitos finais de semana. Sempre que fosse possível ele ia junto para a praia, ao clube de aeromodelo ou acampar. Coisa de tios jovens, sem filhos e que adotam o afilhado como se fosse o próprio filho (imaginário). Lembro-me que era uma felicidade levá-lo pra lá e pra cá. Muitas vezes o socorremos durante a noite por conta da danada da bronquite que o atacava...mudança de clima, ambientes fechados como o apartamento da praia ou talvez fosse saudade da mãe...embora ele curtisse muito ficar com a gente.
Era sempre uma grande alegria tê-lo por perto.


Sapeca e cheio de energia aprontava algumas.
Sempre com um sorriso que fazia a gente se derreter.
                                                                      O fruto não cai longe da árvore.
                                                                                                  Vejam abaixo.


                                                      Esse é o Rodriguinho, filho do Rodrigo.
                                                      Acabou de fazer um ano e o chamam de " Denis, o pimentinha".
                                                                                                                               Por que será?


          O pequeno da primeira foto cresceu e se transformou numa pessoa incrível e num pai maravilhoso.
                                                                                       De fato o tempo passa...e como passa!


              Hoje foi o dia de festejar os dois: Digo e Diguinho. É assim que são chamados na família.
                                                                     Eles fazem aniversário quase juntos! Foi por pouco.


                                                     O que comove a gente é acompanhar as pessoas que amamos. Sejam os filhos, os sobrinhos, os sobrinhos netos... e vê-los fazendo a sua história. Porque de fato, a vida vai se pondo e o carinho só aumenta. Uma mistura de orgulho com lembranças boas. De ter feito parte, por pouco que seja, da história. E, como com os netos, que se constata a repetição dos filhos, com os sobrinhos netos se constata a repetição dos sobrinhos. E, a gente se sente um pouco avó. Porque ser avó deve ser tudo de bom. Enquanto aguardo, sem pressa, falo sempre aos meus filhos: " quero estragar os meus netos, quando os tiver" podem ir se preparando!

5 comentários:

  1. Amiga,sim a vida vai se pondo...poder acompanhar a vida de quem amamos e um privilégio!
    Que Deus lhe permita muitossssss anos e que juntas ainda celebraremos muito a vida!
    Feliz Domingo,beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Bem isso, Patrícia. Obrigada pelo carinho de sempre. Beijos

    ResponderExcluir
  3. Gostoso olhar a trajetória e ver que deu certo e que de alguma forma você fez parte dela.
    Sobrinho neto também é gostoso demais...
    Parabéns para eles
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Que momentos repletos de recordações.

    As novas gerações vem...e ...não podemos segurar o tempo, apenas viver a vida intensamente.

    Que lindo garotinho, que festa legal comemorando o niver de pai e filhinho....

    Meu afilhadinho já fez 6 anos...nossa...parece que foi ontem que eu trocava as fraldinhas...hehehe...

    beijinhos, querida,

    Lígia e =^.^=

    ResponderExcluir