Minha lista de blogs

quinta-feira, 19 de março de 2015

As leiteiras que trazem lembranças

Peças antigas sempre captam a minha atenção.
Como esta que decorava a mesa na casa de uma querida amiga.


                                                             Uma leiteira de porcelana em formato de vaquinha.
                                                                                     Simplesmente maravilhosa. Única.
                                                    Fazia parte do acervo de louças usadas na casa da chácara.


                              Outro detalhe está na toalha da mesa. Um jogo americano bordado à mão.
                                         Delicadezas de mãe ao organizar o enxoval da filha.


                                                                          E, a coleção continua.
                                                                 O encanto dessas peças, além da beleza,  está na criatividade de minha amiga em colocar nelas arranjos de flores naturais ou ervas aromáticas.
                                                                          Uma delicadeza!


                                                              Um charme. Observem que linda!

As lembranças estão estampadas no cenário. Quando o tempo passa e coisas novas chegam para ilustrar o caminho, trazer as memórias para a mesa é como reviver cada flash de dias que ficaram lá longe. Imagino que minha amiga Rosita (no centro-blusa branca), ao decorar a mesa para nos receber em sua casa, com essas exclusividades tão apaixonantes, trouxe também um pouco do melhor da atmosfera que ficou em sua mente e em seu coração, de alguns momentos vivenciados em família. Cada peça, um significado. Cada olhar, uma resignificação dos cafés da manhã, na casa da chácara.
                                                             


É comum ouvir pessoas dizendo que é preciso ter história para contar. GRANDE VERDADE.
Particularmente, valorizo e muito quando visito alguém e vejo peças que contam a história de vida das pessoas que ali moram. Peças antigas trazem nelas o aconchego do pertencer. Do fazer parte, de ter raiz. Mesmo que o novo também seduza, predomine e se destaca; no antigo estará sempre impresso uma aura de perenidade e presença marcante.

                                           " Preciso reviver, eu bem sei,
                                              mesmo que só na lembrança,
                                              voltar à minha antiga casa, 
                                               rever a minha infância
                                               e todos os momentos felizes que lá passei." 
                                                                                   Clarice Pacheco

                                                 Gratidão e aplausos, Rositinha. Linda e especial vivência!
                                                       

17 comentários:

  1. Ah, muito bonitinho tudo, me emocionou... conseguistes captar esses valores e lembranças.Além de que escrevestes muito bem , como sempre. Obrigada amiga, grande abraço.

    ResponderExcluir
  2. Mereces muito, Rositinha! Tua sensibilidade está em todos os detalhes carinhosos. Tu nos emocionas, sempre! Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oláááááááááááá...
    APOSTO que tu estavas morrendo de saudades de mim!!!!
    Faço de propósito,demorar a aparecer,porque quando apareço noto a expressão de............ ESPANTO........... e,claro,tenho a certeza absoluta de que estás imensamente feliz ao me ver...hehehehehe...
    E não adianta dizer que nem te lembravas mais de mim ou que nem sabes quem sou.
    Não aceito isso...pois eu marco eternamente quem me conheceu...ksksksksksksks...
    Como sou modesta,estou amando o que estou escrevendo...tanto...que vou colar para os outros blogueiros que vou visitar o que escrevi para ti,que tal????
    Sei também que quanto mais os visitantes demoram no blog da gente,mais famosos a gente fica...TOMARA que todos leiam até o fim minha pequena-longa cartinha de visita!!!!!
    Sobre a tua postagem:
    Para viver bem ,temos que valorizar o passado.
    Como sempre,escreves maravilhosamente...pessoas sensíveis é que dão o real valor ao que foi e trazem de volta para o presente.
    Não é nostalgia...é amor e saudade...porque a saudade permanece onde está o amor!
    Agora,aceita um beijão "deu"(de mim)pra tu :)
    EU VOU...mas EU VOLTO... para tua felicidade...ksksksksksksks..
    Se eu não me "achar"...quem me acha?????

    ResponderExcluir
  4. Crista...Crista! És o máximo...já falei isso pra ti. Sempre que leio o que escreves acho divertidíssimo. Teu bom humor é admirável. E, és muito criativa!!!! Obrigada por dedicar teu precioso tempo a escrever aqui para mim....fico toda " prosa" rsrsrrs...Venha sempre. Portas muito abertas. Beijos, querida.

    ResponderExcluir
  5. Bom mesmo, reviver, reencontrar, contar e ouvir... São estas coisinhas que fazem a vida da gente ser especial...
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Bom mesmo, reviver, reencontrar, contar e ouvir... São estas coisinhas que fazem a vida da gente ser especial...
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande verdade, Vânia! Deixam a gente cheia de alegria! Beijos

      Excluir
  7. Tudo lindo...diferente, difícil de se ver... Amo suas publicações porque vc escreve de uma forma q deixa gostinho de quero mais...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que gostoso ouvir isso de ti, Edna! Obrigada. Fico super feliz que gostes do que está escrito aqui...venha sempre! Bjs

      Excluir
  8. Olá, Marildinha,

    É preciso sensibilidade para valorizar as peças que conta nossas histórias de vida!!

    Sim...são pequenos objetos que guardam momentos únicos.

    Eu amo essas peças de outrora.

    A mesa ficou linda, imagino o papo super delicioso que rolou entre vocês!!

    Ah, bons momentos!!

    Querida, tenha uma semana bem bonita...eu estou correndo...voltei das férias e tenho mil coisas para ajeitar...rsrsrsr

    beijinhos,

    Lígia e =ˆ.ˆ=

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também gosto muito de misturar peças antigas com as modernas. Obrigada por passar aqui, Ligia. Beijos e ótima semana.

      Excluir
  9. Oi querida... dizem que recordar é viver.
    Imagino cada minuto entre vocês. Uma lembrança daqui, outra dali e vão se juntando os pedacinhos dos bons momentos. Histórias e lembranças guardadas em armários que através destes lindos gestos tão carinhosos nos fazem recordar momentos inesquecíveis.
    Parabéns amiga!!
    O post me fez lembrar que na casa de minha mãe tem alguns tesouros que eu deva garimpar kkkk. Beijos flor!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Casa de mãe tem essas relíquias, mesmo! E são tão lindas! Gosto dessas peças antigas porque nelas estão muitas histórias. Beijos, querida e ótima semana.

      Excluir
  10. Que bacana!
    Para mim essa é uma das melhores maneiras de se compartilhar a vida.
    Lendo este post me recordei das minhas lembranças, muito bom.
    Prazer em conhecer.
    Janicce.

    ResponderExcluir
  11. Querida Janicce. Seja muito bem vinda! Obrigada...Beijos

    ResponderExcluir