Minha lista de blogs

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Montmartre. Série Paris

                                         Montmartre é uma festa a céu aberto.
 Uma das regiões mais bucólicas e charmosas da cidade de Paris. Isso se deve às inúmeras ruazinhas arborizadas, seus artistas de rua, os cafés e cabarés.


                                              Desta janela a vista fica ainda mais linda.
                    Principalmente se o nosso imaginário voltar no tempo e visualizar
       Renoir, Picasso, Toulouse-Lautrec entre outros, olhando através desse mesmo ângulo.


                                    Museu de Montmartre - 12, rue Cortot - Paris
                                           Emociona chegar na casa e nos jardins,
                                     lugares que inspiraram tantos magos da pintura.


                   Ver o local e a obra realizada...faz qualquer um de nós vibrar silenciosamente.


                          Renoir pintou essa tela em 1876, exatamente nesse jardim.
 A obra foi para a exposição Impressionista em 1877 porém, na época,  muito mal aceita pela crítica, foi comprada por seu amigo.


Pierre Auguste Renoir foi um importante artista plástico francês. Fez parte do impressionismo e destacou-se por suas lindas pinturas. O sentimento lírico é uma característica importante nas suas obras. Prevaleceram as formas humanas individuais, grupos de pessoas e paisagens.


É impossível não ficar longo tempo admirando tanto beleza. Ao debruçar no muro da casa/museu avista-se, logo ao lado, esse jardim e parreiras de uvas que afagam a nossa imaginação. Lugar perfeito para respirar fundo e agradecer por vivenciar tão mágico momento.


                              E, o amor está no ar: " eu te beijo e te amo para sempre".
              Picasso e Fernanda Olivier viveram aqui seus grandes momentos de vida e amor.


      "  Nessa casa eu passei com Picasso os mais preciosos anos de minha vida.
         Foi nessa época que eu me senti verdadeiramente feliz.
         Aqui também, eu deixei uma parte da minha juventude e todas as minhas ilusões".
                                                                                      Fernande Olivier, 1933



                                                    E assim, a vida continua se pondo!
           Nas ruas de Montmartre ...no pincel que delineia traços e concretiza o abstrato, na atmosfera inspiradora do cheiro da tinta...na chuva que é respeitada pela sombrinha e novos Picassos, Renoirs ou Lautrecs deixam registrados seus sonhos, sua persistência e a esperança que está na alma de cada artista.

                                                                          
Veja também: lançamento do livro " A Lavanda como Caminho" de Cláudia Obenaus
A lavanda como Caminho

                                                                                        À demain

5 comentários:

  1. Marilde minha querida que lugar encantador que viagem maravilhosa lindas fotos bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O lugar é mesmo muito especial...obrigada por passar aqui, querida Rosangela! Bjs

      Excluir
  2. Lindo Marilde!!!!! que delícia ler teus " deliciosos " comentários sobre Paris ........ e níver passarás aí? bjs ..... quero ver se consigo ir à Blumenau no encontro da Turma ..... bjs

    ResponderExcluir
  3. Marilda,
    Meu primeiro contato com Paris foi Montmartre. Nessa vida! Em outras, tenho certeza, fui florista, em suas calçadas. Um beijo.

    ResponderExcluir